terça-feira, 30 de junho de 2015

Não chore

Não, não chore, meu bem.
Seu choro me dói tanto.
Perco o chão com suas lágrimas.
Sua dor me é sentida fortemente.

Não, não chore, meu bem.
Que as lágrimas, apesar de lavarem a alma,
Trazem-me pesar tão grande.
E me deixam desolado e atado.

Não, não chore, meu bem.
Quero tanto você feliz.
Não chore, porque não sei como lidar com a sua dor.
Quero lhe envolver e expurgar todo esse medo de você.

Me deixa alenta-la, pelo menos.
Bem abraçado para lhe passar a segurança que você precisa.
Me deixa secar suas lágrimas e um sorriso de você arrancar.
Eu sei que a dor está aí, mas um dia vai passar.
O tempo vai curar.

Nenhum comentário: