domingo, 19 de outubro de 2014

Engasgo [Série: Tropeços e Atrevimentos]

Acho que engasguei de muita coisa.
Não desce mais.
Impossível querer engolir as mesmas coisas se o gosto mudou.
Até tentei. Mas engasguei. E feio.

Ainda estou tossindo com a sua maneira que tentei deglutir.
Ainda estou tossindo com o agrado que quis fazer, só pra me encaixar.
Ainda estou entalado com o seu desafeto sem sentido, que fingi que não vi.

Prefiro é seguir sereno, satisfazendo-me do que me apraz.
Dando atenção ao que de fato diferente e melhor me faz.
Chega de tentar mastigar o imastigável.
Na verdade, chegou a hora de me desfazer do intragável.
Do que por tempos me sufocou.

Um comentário:

Larissa Pizetta disse...

Amigo, parabéns pelo texto e por tudo que tem feito.

Abraço,

Larissa.