domingo, 30 de dezembro de 2012

4 anos!

É mais do que imaginei quando o criei, tenho de confessar! Outras tentativas de ter um "diário" eletrônico haviam sido frustradas anteriormente. Quando finalizava a criação de um, logo já me desmerecia e sabia que não iria para frente. No entanto, com esse não. Eu queria tê-lo, queria compartilhar com as outras pessoas o que se passava dentro de mim, o que se passava ao redor de mim.
Pois bem, já são 4 anos!
Quem me acompanhou até aqui, meu muito obrigado!
O ano de 2012 foi de crescimento. Foi um ano de transformações e esforço. Um ano de realização de sonhos!
Que 2013 venha melhor ainda e cheio de coisas boas para todos nós!
Que 2013 seja um ano de voos altos e de belas paisagens!
Vamos voar! Vamos sonhar!



sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Instante*

O instante que muda tudo.
A percepção que vem e muda nossa compreensão.
O momento da decisão.
Sim. Não.

O olhar que atrai e o prende, de repente.
A amizade que surge e traz admiração.
O sorriso que encanta e faz mudar nossa concepção.
O instante que vem e tira de nós nossas defesas.

O flash que clareia.
A chuva rápida e intensa que lava e tira a sujeira.
A conquista que num segundo muda nossa sorte.
O instante que altera o resto de nossas vidas.

A Paz que preenche inexplicavelmente e,
misteriosamente, me leva a crer.
O entendimento que vem e preenche.
O instante que vem e muda.
Muda meu viver.


A canção que, sem esperarmos, fascina e rega de emoção e alegria o dia
O tempo que passa e se vai num relance.
O amor que envolve e transforma.
O fim e o eterno que se aproximam e num instante todos iremos ver e tocar. 


*Poema escrito inspirado e regado pela canção "Tudo para mim", versão por Ana Paula Valadão.


domingo, 23 de dezembro de 2012

Pausa

"We all grow old, use your life, the world goes and flutters by"
(Boy Lilikoi - Jónsi) 
Vou dançar, cantar, girar.
Vou pintar, me lançar.
Pausar. Parar para respirar.

Vou viver. Ao vento, correr.
Parar de temer o envelhecer.
Torcer pra valer!

Dormir, me divertir.
Sorrir, me redimir.
Sentir tudo o que há de vir.

Me livrar. Voar. Me libertar. Perdoar.
Sonhar. Lutar. Concretizar.
Sim, vou pausar. Descansar, porque a vida não vai parar.
E, mesmo pausando, eu estou a me cuidar e a continuar.