quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Carta Aberta de Despedida!


Oi, meu amigo(a),
Escrevo ainda do meu quarto da república do Brasil. Frase ambígua, mas verdade para os dois pensamentos que você vier a ter.
É com alegria que vou passear, caminhar um pouco mais longe e aproveitar a oportunidade para aprender e crescer como tenho feito nesses últimos três anos e meio.
Vou certo de que meus amigos ficam aqui me esperando e eu ansiando logo revê-los.
Mas vou de peito aberto para novas experiências.
Carrego dentro de mim um pedaço seu e, com certeza, os que vierem a me conhecer também verão você em mim e a troca será muito boa, porque você me faz melhor.
Não vou me demorar muito mais, porque a falta de você cresce dentro de mim e não quero escrever uma carta triste, mas sim, mesmo que regada a lágrimas e saudade, uma carta alegre e feliz por tudo o que já vivemos juntos.
Obrigado, meu amigo(a)!
Então, até logo!


"Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, pois cada pessoa é única
e nenhuma substitui outra.
Cada um que passa em nossa vida,
passa sozinho, mas não vai só
nem nos deixa sós.
Leva um pouco de nós mesmos,
deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito,
mas há os que não levam nada.
Essa é a maior responsabilidade de nossa vida,
e a prova de que duas almas
não se encontram ao acaso". (Antoine de Saint-Exupéry)

quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Aos que choram...

Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
Mateus 5:4
Admiro os felizes, os sorridentes.
Eu tento ser assim. Agradável, refrescante, pra cima.
Mas não é possível ser assim sempre.
E quando não for, chore.
Chorar não é vergonhoso. Não é tolo. Não é sinal de fraqueza.
Muito é nobre o que chora genuinamente. 
As lágrimas são os sentimentos de dor, frustração, impotência, solidão, alegria - por que não?-, saudade e comoção expressos em forma de água. Esse líquido do qual nos enchemos e nos regamos e, quando precisamos, vem à tona, nos lavando.
Lavando a nossa alma.
Por isso, chore, meu amigo, chore, minha amiga. Permita-se.
A vida é dura, às vezes. 
Mas deixando assim, o choro aparecer, ela se torna mais leve.