quinta-feira, 24 de maio de 2012

Desconhecido

Chorando com dor em minh’alma.
Chorando a traição e a humilhação.
Uma pessoa me chama pelo nome. Alguém desconhecido.
Oferece ajuda. Me ajuda sem nem perceber, mesmo eu recusando sua atenção e cuidados, dizendo estar tudo bem.
Melhor das lágrimas, reencontro esse alguém, e mais uma vez me chama pelo nome, sem nem eu saber o dele.

Nenhum comentário: