quarta-feira, 30 de março de 2011

Páscoa

"Depois de tanto sofrimento, ele será feliz, por causa da sua dedicação, ele ficará completamente satisfeito. O meu servo não tem pecado, mas ele sofrerá o castigo que muitos merecem, e assim os pecados deles serão perdoados. Por isso, eu lhe darei um lugar de honra; ele receberá a sua recompensa junto com os grandes e os poderosos. Pois ele deu a sua própria vida e foi tratado como se fosse um criminoso. Ele levou a culpa do pecado de muitos e orou pedindo que eles fossem perdoados".
(Isaías 53. 11 e 12)

Deus que passa.
Ele passou por aqui.
Não o reconheci.
Não o reconhecemos.
Nem mesmo olhávamos para Ele.
Nós o desprezávamos.

Deus que passa.
Ele veio aqui.
Carregou a minha dor.
Eu nem agradeci.
Fez-se servo.
Eu não quis seguir seu exemplo.

Deus que passa.
Despiu-se de sua glória.
Ficou desfigurado.
Horror para os meus olhos.

Deus que passa.
Sofrimento. Castigo. Desprezo.
Dor. Dor. Dor.
Sofrimento humilde.
Castigo imerecido.
Desprezo e dor.
Sabe o que é padecer.

Deus que passa.
Era para ter sido eu.
Mas as minhas enfermidades levou.
Sarado sou.
Mas a minha punição sofreu.
Curado sou.

Páscoa:
Deus que passa.
Seu lado furado devia ter sido eu.
Amor sem explicação.
Felicidade para quem encontra.
Sem palavras hoje fico,
diante do Deus que passou por aqui.


*Notas:
.Por ocasião dos estudos sobre a Páscoa e seu significado, na Igreja Presbiteriana de Viçosa (IPV). 30/03/2011. Outono.

.Páscoa é o mistério da passagem de Deus pela Terra e pela existência humana a fim de proporcionar a passagem da morte para a vida plena; da perdição do pecado para a salvação. (Pr. Jony Wagner de Almeida - Ministro da Igreja Presbiteriana de Viçosa)

domingo, 27 de março de 2011

Títulos

Esses são alguns dos títulos os quais um dia achei que dariam bons textos, mas que por alguma eventualidade ou disciplicência minha nunca chegaram a nascer:


"Rodoviária"
"Rei das moscas"
"O poema demorou a surgir"
"Meu Filho"
"Irmão"
"Amizades e sobre elas"
"Guarda-chuva"
"Sacrifício"
"Sobre a frustração"
"A little one waits"
"Languages"


Bem, agora, você tem total liberdade de escrever os textos para esses títulos!
Não significa que não escreverei nunca um texto que se encaixe neles, significa que dou a você a oportunidade de dar vida a esses títulos, ao seu modo, com a sua visão.
Enxergo esses títulos de um jeito, porém gostaria de vê-los em outras pernas, com outros corpos, já que tenho sido ineficiente para dar forma e gerá-los.
Se escrever algo para eles, avise-me. Vai ser um prazer, meu amigo leitor e contribuidor, ler a sua composição e, quem sabe, postar o texto aqui.


.Por estar em dívida com minhas amigas Izadora e Sabrina. Entendam que, no meu caso, a transpiração só vem depois da inspiração. Raramente, antes. É assim que escrevo.

sábado, 5 de março de 2011

Hoje Voltando

“O amor conforta, como o sol depois da chuva.” (William Shakespeare)
“Pois é, às vezes, o passado nos visita com uma coisa boa”. (Alguém)

Hoje, voltando, eu vi os campos bem lavados. Sabe, depois da chuva.
Estava tudo verdinho e bem regado pela claridade de um belo Sol pós-chuva.
Eu vi bois pastando, calmamente; gente boa me vendo passar pela janela; árvores de vários tipos...
Tinha alguns voltando, de bicicleta, de seus trabalhos, numa vida bem simples e boa de se viver. Lembrei que eu também estava retornando, à minha maneira, serenamente, para minha casa, pra minha vida boa de viver.
As cidades por onde passei, hoje voltando, me receberam cada uma com seu ritmo. Não mudaram ao me ver passar, mas mesmo assim me senti acolhido. Quando você é de casa, não precisa de cerimônias, como diria um amigo meu.
A conversa na sacada. O menino correndo. O pai com a criança no colo. Expressões do cotidiano que muito me agradaram.
Perguntei-me se mais alguém estaria reparando. Espero que sim. Foi lindo voltar e perceber que a vida continua e me abraça sempre que me vê e não apenas eu a vejo.
Sinto-me amado e acolhido, onde estou e para aonde vou. Voltar sempre me leva ao passado, mas sei que estou avançando para o futuro. Confuso, eu sei, mas basta que eu saiba o que essas palavras significam. Cada retorno e ida sempre são muito pessoais, mas gosto de relatar meu caminho.
Estou sempre disposto a embarcar.
Bem-vindo ao trem da vida.