terça-feira, 17 de agosto de 2010

PAI

Ele estava lá.
Vendo-me crescer.
Bons momentos.

Cuidou de mim!
Ensinou-me a andar.
Permitiu-me brincar.
Deixou-me voar e sonhar.
Sempre bons momentos!

Sim, ele estava lá nas horas de dor e doença.
Comigo ficou!
Ensinou-me a amar a Deus.
Um exemplo, um referencial.
Meu pai, meu amigo especial.

E sei que ainda estará.
Bons momentos comigo viverá!

14/08/2010

Um comentário:

paulinha disse...

O papito merece todas as homenagens... Um exemplo de dedicação!